Landless Voices -> Sights & Voices -> By media -> Lyrics

English | Português

The Sights and Voices of Dispossession: The Fight for the Land and the Emerging Culture of the MST (The Movement of the Landless Rural Workers of Brazil)

Language:

English (mude para Português)

This page:

Emerging culture by media type -> Lyrics 88 resources (Edited by Else R P Vieira)

    resource: 1 of 88    Next

This resource is also listed in:

Culture: Mission of art

Author:

Lyrics: Ademar Bogo

Title:

Sertanejo Land


Open song in stand-alone player

Download Windows Media Player
To listen to the song, you need Microsoft Windows Media Player installed on your computer - download Media Player
 

Somos milhões de companheiros e companheiras buscando a libertação da terra, de homens e mulheres em um país onde a terra vale ouro e os seres humanos, alguns gramas de chumbo moldados em balas que fazem sangrar o destino do nosso povo sofredor!

Na arte de resistir às tentativas da destruição dos nossos sonhos, trincheiras da criatividade, se revela a rebeldia dos poetas e dos cantadores filhos da terra e da esperança no palco imaginário para onde marcham as colunas dos grandes guerreiros e lutadores sem terra.

A terra no seu suspiro nos abençoa e agradece através das nuvens de poeira provocadas pelos rígidos pés descalços que seguem destemidos, construindo esta grande irmandade de companheiros em busca da dignidade perdida. Seguimos cantando.

Na poesia do cantador se misturam o desejo da terra de homens na grande sinfonia da esperança que aponta o horizonte e o longe fica perto quando se caminha adiante.

As cordas movem paixões. 0 sentimento, as pulsações, o sonho de vencer, os corações. Cantar pois é mais que um prazer quando as vozes brotam de forças em movimento que ao som suave de belas melodias elevam foices e facões rompendo cercas, retirando morões para ver nascer o novo dia.

Assim a terra se converte em causa, a liberdade se converte em sonho, o grito forte se converte em guerra e o povo todo segue um só caminho na trilha estreita plantando futuro.

Que a noite escura da dor e da morte passe ligeira, que o som dos nossos hinos anime nossas consciências e que a luta redima nossa pobreza, que o amanhecer nos encontre sorridentes festejando a nossa liberdade.

This song is from the CD Art in movement

 to CD

Date:

November 2002

Resource ID:

SERTANEJ543

to University of Nottingham welcome page

Landless Voices hosted by the
School of Modern Languages
University of Nottingham, UK

Project Director & Academic Editor: Else R P Vieira
Web Site Producer: John Walsh
Web Site created: January 2003
Last updated: February 16th 2012

www.landless-voices.org