Vozes Sem Terra -> Imagens & Vozes -> Estudos … -> Terra: A fotogra …

English | Português

As Imagens e as Vozes da Despossessão: A Luta pela Terra e a Cultura Emergente do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra)

Língua:

Português (change language to English)

Esta página:

Estudos, depoimentos & referências -> Terra: A fotografia de Sebasti√£o Salgado 16 recursos (Arquivo selecionado por Else R P Vieira. Fotografias © Sebasti√£o Salgado)

AnteriorAnterior    recurso: 11 de 16    Seguinte

Autor:

Sebasti√£o Salgado

Título:

A luta pela terra: o começo de um acampamento

Veja também:

Ensaios - A construção do feminino na luta pela terra e na recriação social do assentamento
Cartografia - Ocupações de Terras: Famílias por Microrregião
Cartografia - Ocupações de Terras: Ocupações por Microrregião

A luta pela terra: o começo de um acampamento

Ocupação da fazenda Giacometi, latifúndio de 83 mil hectares em áreas contínuas, o maior do Paraná, de propriedade de um grupo econômico do Rio Grande do Sul especializado na extração de madeira. No início da década de 80, o governo havia decretado a desapropriação da área por ser esta um latifúndio por dimensão. Porém, como o grupo proprietário da Giacometi era próximo ao esquema político dominante na época no Paraná, o processo de desapropriação foi arquivado.

Afinal, a ocupação da fazenda por mais de 3 mil familílias, criando um fato jurídico, obrigará o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) a iniciar o processo de exame da área, visando sua identificação como latifúndio. A etapa seguinte será a da desapropriação e o pagamento dos proprietários com os títulos do tesouro nacional. Se o processo atingir o seu fim, a área será suficiente para a instalação de mais 4 mil famílias, que irão gerar, com suas atividades produtivas, em torno 8 mil empregos diretos. Paraná, 1996.

Salgado, Sebastião. Terra. Introdução de José Saramago. Versos de Chico Buarque. São Paulo: Companhia das Letras, 1997: 124 (fotografia), 142 (legenda). Registramos nossos agradecimentos a Sebastião Salgado pela permissão de uso gratuito de suas fotografias e legendas neste website. Para maiores informações sobre as fotografias e legendas, favor contactar neil@nbpictures.com

Data:

novembro de 2002

Recurso ID:

BEGINNIN649

Gloss√°rio

Compilado por Else R P Vieira. Tradu√ß√£o © Thomas Burns.

Acampamento
"√Č um espa√ßo de luta e resist√™ncia criado durante a ocupa√ß√£o da terra. Pode estar localizado em uma parte de um latif√ļndio, na beira da estrada ou em frente a pr√©dios pertencentes ao governo. O acampamento √© a forma como os sem-terra v√™m a p√ļblico revelando os seus problemas, desse modo tamb√©m √© uma forma de press√£o dos sem-terra para agilizar as negocia√ß√Ķes referentes √†s suas reivindica√ß√Ķes" (Fernandes, Bernardo Man√ßano. Pequeno Vocabul√°rio da Luta pela Terra. In√©dito). V. tamb√©m ASSENTAMENTO e TERRITORIALIZA√á√ÉO. 

Ocupação
"√Č uma a√ß√£o organizada das fam√≠lias sem-terra na apropria√ß√£o de uma √°rea, em um latif√ļndio, com objetivo de pressionar o governo para a desapropria√ß√£o do latifundi√°rio e a implanta√ß√£o de assentamento rural. Desse modo, √© um espa√ßo de luta e resist√™ncia e tem sido a principal forma de acesso √† terra" (Fernandes, Bernardo Man√ßano. A forma√ß√£o do MST no Brasil. Editora Vozes, 2000, p. 281). 

		À Universidade da página bem-vinda de Nottingham

Vozes Sem Terra, site hospedado pela
School of Languages, Linguistics and Film
Queen Mary University Of London, Grã-Bretanha

Coordenadora do Projeto e Organizadora do Arquivo: Else R P Vieira
Produtor do Web site: John Walsh
Arquivo criado em janeiro de 2003
Última atualização: 11 / 18 / 2014

www.landless-voices.org